Condições climatéricas para o dia da abertura.

Condições climatéricas para o dia da abertura.


A menos de uma semana da abertura da pesca às trutas, já é possivel ter uma visão mais clara das condições meteorológicas que nos esperam. Conforme informação do Windguru para Viana do Castelo (ponto de referência para o Minho), é possivel observar que as chuvas vão continuar durante os próximos dias com alguma intensidade. O dia 1 de Março não deverá escapar a esta tendência e devemos também ter períodos de chuva durante quase todo o dia. Os rios possivelmente irão apresentar caudais elevados na maioria do território nacional e portanto as condições para a pesca à truta não serão as mais fáceis. Especialmente no Lima, Minho, Cávado, Côa e Mondego, esperam-se grandes deslocações de massas de água devido à abertura das barragens a montante. A juntar á chuva temos também previsão de vento forte, o que vai ainda mais dificultar os lançamentos e por algumas amostras a decorar arvores e arbustos.

No entanto, nem tudo são más noticias. Do lado positivo, há a registar uma subida das temperaturas médias que andam já por volta dos 11 graus. Isto é um claramente um bom indicador para a actividade das trutas, pois com estes valores elas estarão mais à vontade para se alimentarem e deslocarem atrás das nossas amostras.

No global, as condições são as indicadas para o spinning pesado com linhas grossas e amostras pesadas. A visibilidade dentro de água deve andar em níveis muito baixos, portanto a capacidade de vibração será mais importante do que as questões de design ou cor das amostras. Não se antecipam grandes pescarias em quantidade, mas o clima está ideal para a pesca de grandes troféus nas correntes menos profundas. Vamos lá a ver quem terá sorte neste primeiro dia!

Related Posts with Thumbnails




Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.