Rio Ceira em meados de Fevereiro.

Rio Ceira em meados de Fevereiro.




Este fim de semana, o passeio foi para os lados da Serra da Estrela para averiguar as condições de um mitico rio truteiro: o Ceira. O troço que foi objecto principal da nossa atenção encontra-se a 10 kms para montante de Góis. Como podem ver nas fotos que constam deste post (14 de Fevereiro de 2010), o rio Ceira apresentava caudais a níveis considerados normais para esta época do ano e dispunha de condições óptimas para a pesca ao spinning. Depois das chuvadas e cheias das últimas semanas, foi aprazivel verificar que as margens do rio estão relativamente limpas permitindo um fácil acesso dos pescadores aos melhores pesqueiros.

Foi também interessante verificar que a  água estava bastante limpida e apresentava uma temperatura razoável para esta época do ano, aproximadamente 8 a 10 graus centigrados. A pouca neve visivel nas Serras da Estrela e do Açor era provavelmente uma das razões a explicar este estado de coisas. Por aquilo que pudemos observar, existem boas sequências de correntes e poços para satisfazer o apetite de diversos tipos de pescadores: mosqueiros, minhoqueiros e os fanáticos do spinning.

No global, o Ceira apresenta excelentes condições para proporcionar boas jornadas de pesca durante a temporada que se aproxima. Apesar de não termos visualizado nenhum exemplar, sabemos que as condições estiveram excelentes para a desova e provavelmente alguns bons exemplares ainda estarão nos afluentes, pois estes ainda tinham bons caudais. Para quem ainda está com dúvidas, esta é claramente uma boa opção para a abertura!

Related Posts with Thumbnails


Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.