X-Rap: Atracção fatal.

X-Rap: Atracção fatal.




A X-Rap é claramente a amostra revelação do ano para mim. Depois de a utilizar na abertura sem qualquer sucesso, fiquei imediatamente convencido de que os grandes cerebros da Rapala tinham criado mais um isco excelente e com forte capacidade de atracção para as trutas. A combinação entre peixe artificial e streamer é genial e só não deu resultados no Beça, porque as trutas não estavam ao centro do rio, mas nas margens e debaixo das árvores. De facto, bastou-me observar o comportamento da X-Rap dentro de água para perceber que mais tarde ou mais cedo me iria dar grandes alegrias. E assim aconteceu, quer no Coura, quer no Vez, quer no Lima. 10 trutas em duas pescarias, com a mais pequena a medir 24 cm. Óptimos resultados em condições de rio e climatéricas que considero dificeis para a pesca à truta.

 Falando mais concretamente da X-Rap, é possível caracterizá-la como sendo uma perfeita imitação de peixe ferido. Disponivel em vários tamanhos e com várias acções, prima por ser uma amostra que suspende a meia água e que está optimizada para bons lançamentos. A própria textura e cobertura do seu corpo é altamente reflectora para provocar ataques súbitos nas flexões rápidas que a amostra realiza quando bem trabalhada. Como se isto não bastasse, a rapala resolveu também introduzir na amostra algumas pequenas bolas internas para aumentar peso e potenciar o efeito sonoro debaixo de água. Para compor o ramalhete, o triplo da cauda vem coberto com duas penas e pequenas tiras de material reflector.

No global, esta é uma amostra especial para as trutas, especialmente nos tamanhos mais pequenos 6 e 8 cm, quer na versão normal, quer na diving. É impressionante como elas se atiram a este isco! Para já, só houve oportunidade para testar a versão standard em tamanho 6 e parece-nos que será a mais adaptada a rios pequenos ou de caudal médio. Para barragens e rios de grande caudal, poderá fazer sentido utilizar o tamanho 8 ou até mesmo superior para maximizar a distância de lançamento e as possibilidades de capturar grandes troféus. O único aspecto que nos oferece alguma apreensão, especialmente no tamanho 6, é o reduzido tamanho dos triplos da vmc (nº10). Possivelmente não serão os mais aconselháveis para as grandes trutas. Isto, não obstante os bons resultados obtidos até agora com a amostra, mesmo para trutas de bom tamanho.

Para utilizar este isco ao seu máximo, aconselho a visita à página da rapala e a visualização de videos no site da marca e no youtube. Estas são excelentes fontes de informação.

Nunca é demais tentar copiar o que fazem os mestres que ajudaram a criar e testar estas amostras, antes de tentarmos impôr o nosso estilo. Eu já me converti à X-Rap 🙂



Comentários Facebook - Trutas.PT
Related Posts with Thumbnails

Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.