Amostras – Joe’s Flies

Amostras – Joe’s Flies




Dentre os vários iscos que vamos encontrando para a pesca à truta ao spinning, existem alguns que nos parecem extremamente interessantes pelas combinações engenhosas que propõem. Este artigo trata de mais um desses casos que encontramos nos EUA e que propõe uma combinação singular entre colher e streamer. O nome da amostra é Joe´s Flies e pode ser comprada em vários modelos.

As amostras Joe’s Flies não são dedicadas aos pescadores de trutas à mosca, mas sim aos pescadores de spinning ou aqueles que se dedicam ao corrico de barco. Esta marca procura criar um isco diferenciado, apostando em vários tipos de combinações entre colheres ondulantes e streamers e também entre colheres rotativas e streamers. Existem vários tipos de modelos disponiveis que permitem cobrir as várias necessidades que um pescador possa ter, em termos de condições atmosféricas, tamanho de peixes que se pretende capturar ou mesmo de profundidades de pesca. 

O peso médio deste tipo de iscos anda por volta dos 7 gramas, o que permite bons lançamentos com as linhas de pesca normais que se utilizam na pesca à truta (0,16 ou 0,18). O peso não nos parece demasiadamente exagerado para utilizar estas amostras em rios de caudal médio. No entanto, para pequenos ribeiros ou rios pequenos com pouco caudal, o uso deste tipo de iscos já é “forçado”.

No que diz respeito a preços, estas amostras não nos parecem muito caras, apresentando preços entre os 2,50 e os 3,50 dolares. Obviamente que incluindo portes e taxas alfandegárias, os preços tenderiam a subir para níveis idênticos aos que encontramos nalgumas Mepps ou Vibrax (3 a 5 euros).

No video abaixo, encontra-se uma apresentação genérica deste tipo de amostras que é realizada pelo responsável por esta marca:

 

As amostras Joe’s Flies têm vindo a ser testadas continuamente por uma equipa de profissionais e portanto a sua eficácia para as trutas americanas está mais do que comprovada, de acordo com os vários testemunhos que encontramos na Internet. A própria capacidade natatória destas amostras tem vindo a ser melhorada ao longo dos tempos e destaca-se pela sua capacidade de criar reflexos e vibrações extremamente atractivas para os predadores. Como exemplo disso, temos este pequeno vídeo do modelo Spoon Striker:

Desde logo, ficamos bastante interessados com as propostas que são feitas pela marca Joe’s Flies. Apesar de sabermos que as trutas arco-iris americanas são mais fáceis de enganar, parece-nos que estes iscos poderão ter alguma eficácia para as nossas trutas indigenas. A combinação entre colher e streamer parece ter sido muito bem conseguida e deixa-nos antever um certo potencial piscatório em tipos de águas bastante especificos, como: lagoas, barragens, rios de grande caudal e correntes um pouco turvas.

Mais uma vez, todos os comentários de quem já experimentou este tipo de amostras são sempre bemvindos 🙂

Related Posts with Thumbnails


Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.