A falta de chuva – Janeiro de 2012

A falta de chuva – Janeiro de 2012


A menos de um mês para a abertura da pesca às trutas no Rio Minho e com um mês e pico para a abertura da pesca geral, verificamos que ainda não choveu quase nada em 2012. Efectivamente, as massas de água estão neste momento com caudais médios e relativamente abaixo do esperado para esta época do ano.

Mesmo após consultar as previsões meteorológicas de alguns sites para os próximos tempos, verificamos que as condições climatéricas nos irão trazer mais do mesmo, ou seja: céu limpo, com algumas nuvens, e temperaturas frias. Chuva é que nem vê-la! Prevêem-se apenas alguns dias de precipitação moderada até ao final de Janeiro.

Perante isto, os planos de pesca para a abertura começam já a ser pautados por algum cuidado. Os ribeiros e ribeiras de pequena dimensão, que costumam ser o alvo favorito para alguns nos primeiros dias da temporada, podem não estar na sua melhor forma, até porque sem água suficiente, poucas terão sido as boas trutas que realizaram a migração para esses locais com vista a desova. Isto poderá ser especialmente dramático para os pescadores de spinning que gostam de iniciar a época no ultra light spinning. Mesmo nalguns rios de caudal médio e em zonas de pouca profundidade, o baixo nível das águas pode comprometer o sucesso da pesca, colocando os pescadores ao alcance do olho perspicaz das trutas.

Os únicos locais onde esta situação actual pode produzir alguns resultados positivos, serão os rios de grande caudal com barragens a montante. Rios como o Minho, Lima e Cávado, tenderão a apresentar caudais médios com menores frequências em termos de descargas das barragens. Isto pode claramente facilitar a tarefa dos pescadores, permitindo que as trutas estejam mais ao alcance das amostras.

Enfim, apesar deste cenário estar a ser construído com base nas previsões actuais, isto não quer dizer que as coisas se venham a desenrolar exactamente desta forma. Com cerca de um mês ainda por decorrer, certamente que poderemos ainda ter algumas surpresas agradáveis. No entanto, também convém que nos preparemos para o caso de termos pouca chuva nos próximos tempos.

Comentários Facebook - Trutas.PT
Related Posts with Thumbnails




Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.