Abertura às trutas no Rio Minho – 2012

Abertura às trutas no Rio Minho – 2012

Caros amigos pescadores de trutas, chegou o momento por nós tanto ansiado.

Estamos já na contagem final para a abertura da pesca às trutas no Rio Minho. É aquele dia especial com que temos vindo a sonhar ao longo dos últimos meses e muitos serão os privilegiados que irão visitar um dos maiores rios portugueses para desfrutar em pleno de um desporto milenar. As condições poderão não ser as melhores, devido ao frio previsto e à falta de chuva, mas certamente que não faltarão peripécias e um sol radiante para alimentar o convívio entre amigos.

Enfim, tenho pena de não me poder juntar à maioria dos fieis pescadores do Minho, mas assim que puder passarei por lá para matar o vicio. Com a temperatura a aumentar ligeiramente para o final da semana e com a manutenção dos tradicionais débitos da Barragem Espanhola, se calhar este ano com menor cadência, devido à falta de chuva, certamente que ainda sobrarão algumas trutas mais manhosas para mim 🙂

Para os verdadeiros praticantes do spinning, interessa essencialmente comprovar a boa forma em termos de lançamentos, escolhas de iscos e recuperações adequadas. Independentemente das capturas, uma boa abertura vai-se sobretudo medir pela capacidade de visualizar bons exemplares de trutas, de não perder amostras e pelos bons momentos passados com os amigos.

Independentemente dos resultados deste primeiro dia, não convém desmoralizar, sobretudo para os pescadores mais novos. Aliás, e como muitos sabem, os dias de abertura não são necessariamente os melhores em termos de pesca propriamente dita.

Queria só deixar uma última palavra para a questão da segurança. Uma boa pescaria não é aquela em que se tiram muitas trutas, mas é aquela em que ninguém se aleija. Portanto, quer na estrada, quer no rio, aconselha-se uma postura defensiva. Até, porque alguns de nós têm andado afastados das vertentes rochosas e o Rio Minho para montante em fértil neste tipo de terreno. Não vale a pena meterem-se em grandes aventuras, pois não há nenhuma truta que valha um vida humana.

Fica aqui um forte abraço para todos e … Boa Sorte!

Related Posts with Thumbnails


Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.