Previsão meteorológica para a abertura do Gerês – 2012

Previsão meteorológica para a abertura do Gerês – 2012


Já a menos de uma semana da abertura da pesca às trutas nas Barragens do Gerês, muitos são aqueles que já planeiam uma abertura em grande e eu não sou diferente 🙂 . Este ano a abertura cai num Domingo e como tal é de esperar uma grande enchente e uma romaria interminável, sobretudo na Barragem dos Pisões, que será obviamente a massa de água mais solicitada. Com a nova lei do Parque Nacional da Peneda-Gerês, reduziram-se substancialmente o número de barragens onde se pode pescar e onde existe uma densidade de trutas relevante para justificar a nossa deslocação, tornando-se os Pisões o destino de eleição, mesmo para quem gosta de trutas mais bravas.

Assim, e de modo a que não nos falte nada, importa analisar as condições meteorológicas que se começam a prever para o dia 1 de Abril. Com base em informações retiradas junto do Windguru, utilizando como referencial a cidade de Viana do Castelo, verifica-se que o panorama continua a manter-se eminentemente seco, apesar de haver um prognóstico de céu bastante nublado. Prevê-se então um dia com vento fraco até ás 16 horas, começando a soprar do Norte com intensidade forte a moderada a partir dessa hora. A amplitude térmica tenderá a andar entre os 12 e os 19 graus, podendo em zona de montanha, como é o caso, estar mais enviesada para temperaturas mais baixas no inicio do dia, que podem chegar mesmo aos 5 graus positivos. Chuva … nem vê-la. Existem algumas perspectivas de que venham a cair alguns pingos no dia a seguir.

No global, estas condições parecem ser as ideais para um bom dia de abertura da pesca às trutas no Gerês. Com céu encoberto e uma temperatura amena, é de esperar que as trutas já apresentem níveis de actividade bastante interessantes, isto apesar de a temperatura ao início do dia poder ser bastante fria. Assim, não nos espanta nada que as amostras (peixes artificiais e colheres) possam ser bastante produtivas, logo a partir das primeiras horas da manhã.

Já nos têm chegado alguns testemunhos de que a Barragem dos Pisões apresenta um nível bastante reduzido e isso não terá que ser necessariamente mau. Efectivamente, uma menor albufeira permite sempre uma maior concentração do peixe e coloca as nossas potenciais presas dentro do eixo de acção das nossas amostras. É de crer também que as poucas linhas de água que ainda desembocam na Barragem durante esta altura, possam ser lugares ideais para encontrar alguns bons exemplares.

Enfim, no global, temos condições bastante razoáveis para mais um excelente dia passado atrás das trutas. Independentemente dos resultados em termos de capturas, não tenho a mínima dúvida de que existirão grandes momentos de convívio que só por si vão fazer deste dia, um dia memorável.

Related Posts with Thumbnails




Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.