Rio Trutas e outras curiosidades!!

Rio Trutas e outras curiosidades!!




Num país onde abundam as curiosidades, temos deparado com algumas situações caricatas que envolvem o nome “trutas”, especialmente em termos de designação de algumas localidades ou mesmo cursos de água. Os exemplos que vos trago hoje pertencem à zona norte do país e são um testemunho da importância que a truta e a pesca à truta tiveram e ainda têm nalgumas zonas da nossa geografia.

Truta em luta no Rio Coura

Desde logo, começamos pela povoação de Rio Trutas que pertence à freguesia de Outeiro, concelho de Cabeceiras de Basto, distrito de Braga. Trata-se de um lugar com nome inspirado nas nossas amigas e que pode ser visitado, seguindo as direcções de GPS na página abaixo (nunca por lá passei):


Depois, e mais dentro da prática da pesca desportiva, temos o Rio Trutas localizado na zona de Vinhais (nunca lá pesquei, mas já lá passei). Este rio tem um troço concessionado pela Câmara Municipal de Vinhais, numa extensão de 16 km. É um pequeno rio afluente do Tuela, e a concessão estende-se desde o Moinho dos Mosteiros até à confluência com o rio Tuela (a jusante), passando pelas freguesias de Vinhais, Vale de Janeiro, Curopos, Alvaredos, Sobreiro de Baixo e Travanca. Para conhecerem as condições de pesca e o mapa da concessão, podem consultar o documento abaixo, onde consta toda essa informação. As licenças são emitidas pela Câmara Municipal de Vinhais e as condições são as do costume, bem como o preço.


Finalmente, e já com um nome um pouco desviado da truta -“Trute”, temos uma junta de freguesia no concelho de Monção, local onde já passei várias vezes. Esta junta de freguesia apresenta no seu brasão duas trutas, o que reforça a importância que os salmonideos têm nesta localidade (ver site abaixo). A abundância de trutas nesta zona está sobretudo dependente do Rio Gadanha no seu troço superior. É este rio de primeira categoria para a pesca desportiva da truta que acaba por influenciar o nome desta freguesia. Certamente, que há alguns séculos, não deveriam faltar salmões, trutas mariscas e trutas a subirem o Gadanha para desovar nesta zona. Bons tempos!!


Estes são testemunhos da importância que as trutas tiveram e continuam a ter na nossa cultura e na vida das nossas gentes. Nalguns locais, a dependência económica desta espécie era de tal ordem que merecia que ela constasse do nome da povoação. Entretanto, com o passar dos anos, essa dependência foi-se perdendo, mas ficou o nome. A verdade é que a riqueza que as trutas proporcionavam não desapareceu, apenas está esquecida à espera que alguém com visão volte a transformar as trutas num produto turística de primeira qualidade. Até lá, ficam estes nomes para nos inspirar a todos!!

Comentários Facebook - Trutas.PT
Related Posts with Thumbnails


Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.