Condições no Rio Côa – Janeiro de 2014

Condições no Rio Côa – Janeiro de 2014

Durante o fim de semana tive a oportunidade de passar pelo Rio Côa e o cenário com o qual me deparei foi diferente do observado no mesmo dia no Alfusqueiro. Como estava no troço médio do Côa, fazia-se notar claramente o efeito das fortes chuvadas dos últimos dias, que ajudadas pela abertura da Barragem do Sabugal, permitia que o rio apresentasse uma corrente forte, apesar de correr dentro das margens.

Este é um panorama bastante bom para os troços a jusante do Sabugal e que em pleno Dezembro apresentavam caudais bastante reduzidos para a época do ano. Certamente que em zonas como a Rapoula ou o Seixo do Côa, as trutas já apanharam água mais do que suficiente para se deslocarem para os seus locais favoritos de desova.

Rio Côa Janeiro de 2014

O rio Côa é um dos melhores rios truteiros que conheço, mas que tem uma péssima gestão hidrográfica, que se faz sentir não só ao nível dos caudais ecológicos, mas também ao nível da qualidade das ETAR’s que funcionam nos locais por onde passa. Mesmo assim, consegue, ano após ano, surpreender os pescadores com grandes exemplares e dias de boas pescarias, especialmente nos troços a jusante do Sabugal.

A chuva que tem vindo a cair é a garantia de que muitos dos problemas do Côa ficam diminuídos durante algum tempo, permitindo às trutas engordar e realizar as posturas que se exigem nesta altura do ano. Certamente que se a chuva se mantiver em níveis razoáveis, estarão reunidas as condições para mais uma época de pesca às trutas de primeira qualidade, porque com caudais elevados e utilizando as técnicas certas, o Côa tende a ser bastante generoso.

Em 2013, não consegui pescar nenhum dia no Rio Côa, mas este ano conto inverter a tendência, até porque já tenho saudades de alguns locais míticos, onde eu sei que as trutas devem estar relativamente calmas. Convém passar por lá para assegurar que o equilíbrio piscícola se mantém 🙂 🙂

Comentários Facebook - Trutas.PT
Related Posts with Thumbnails


Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.