Abertura às trutas – 2014!!

Abertura às trutas – 2014!!


Caros amigos pescadores de trutas, chegou o momento por nós tanto ansiado.

Estamos a menos de um dia da abertura da pesca às trutas e já muitos de nós estão a finalizar os preparativos para se deslocarem ainda hoje para os locais de pesca (E eu não sou excepção 🙂 ). Quero aproveitar esta oportunidade para desejar a todos os colaboradores e visitantes do Trutas.PT, uma excelente abertura recheada de bons momentos de pesca e de amizade.

Para os verdadeiros praticantes do spinning, interessa essencialmente comprovar a boa forma em termos de lançamentos, escolhas de iscos e recuperações adequadas. Independentemente das capturas, uma boa abertura vai-se sobretudo medir pela capacidade de visualizar bons exemplares de trutas, de não perder amostras e pelos bons momentos passados com os amigos.

Este ano e perante as boas condições das massas de água, é nossa impressão de que a pesca ao spinning pode ser proveitosa. A escolha dos iscos e das linhas deve ser condicionada pelo tamanho da massa de água e força do caudal, e em determinadas zonas pode ser necessário pescar com iscos mais pesados para conseguir ter alguns resultados. Os grandes rios, Minho, Cávado e Lima, devem estar condicionados pelos débitos das barragens a montante, portanto as condições de pesca podem-se alterar radicalmente ao longo do dia. Em termos de temperatura, os valores actuais são bastante generosos e fazem-nos crer que as trutas já poderão apresentar níveis de actividade bastante interessantes, mesmo em zonas de montanha. Esse é um facto a ter em conta, especialmente para quem está habituado a aberturas mais gélidas e onde as trutas demoram a decidir-se no ataque à amostra. Mesmo assim, e à semelhança dos anos anteriores, continuamos a acreditar que as trutas tenderão a estar sempre mais activas em zonas de planície do que em zona de montanha, especialmente nos rios que ainda estão ser influenciados pela existência de neve, como Zêzere ou Mondego.

Quanto ao dia de amanhã, as últimas previsões apontam para um dia de chuva intensa acompanhada por vento forte, especialmente na zona do Minho. Não era isso que tínhamos visto no início da semana e como tal o cenário em que estávamos a trabalhar muda de figura. Perante esta nova contingência, a acção de pesca pode assumir contornos mais difíceis e a escolha de massa de água a pescar tem que ser mais criteriosa. Não nos parece que a chuva será demasiada, mas será certamente suficiente para subir os caudais e mudar a cor de algumas massas de água. Logo, a colocação das trutas vai-se alterar de acordo com o caudal e será necessário perceber onde é que elas estão. Provavelmente, os centros das correntes e as entradas de linhas de água serão locais preferenciais. Finalmente, e quanto ao vento, as fortes rajadas previstas obrigam a cuidados redobrados com os lançamentos.

Queria só deixar uma última palavra para a questão da segurança. Uma boa pescaria não é aquela em que se tiram muitas trutas, mas é aquela em que ninguém se aleija. Portanto, quer na estrada, quer no rio, aconselha-se uma postura defensiva. Até, porque alguns de nós têm andado afastados das vertentes rochosas de alguns rios. Não vale a pena meterem-se em grandes aventuras, pois não há nenhuma truta que valha um vida humana.

Fica aqui um forte abraço para todos e … Boa Sorte!

Comentários Facebook - Trutas.PT
Related Posts with Thumbnails




Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.