Tempo para a abertura das Barragens do Gerês

Tempo para a abertura das Barragens do Gerês




Mais uma vez estamos próximos do dia mágico da abertura da pesca às trutas nas Barragens do Gerês e como tal são muitos os de nós que já ultimam os preparativos para esse grande dia de pesca e convívio. Por aquilo que já tivemos oportunidade de observar em termos de nível das albufeiras, parece-nos que este ano vamos ter condições difíceis para a pesca em termos gerais, e nomeadamente ao spinning, já que os níveis estão bastante elevados, especialmente em Pisões e Paradela do Rio. Assim, e atendendo a que não se farão descargas substanciais até ao dia 1, poderá dar-se o caso de estarmos perante uma abertura muito pouca produtiva.

Relativamente às questões meteorológicas, o cenário não é muito acolhedor e pode por em causa totalmente a pesca em alguns locais. Com base nas previsões do Windguru para Viana do Castelo (que valem o que valem), existe uma grande possibilidade de termos chuva forte acompanhada de rajadas de vento consideráveis no dia 1 de Abril. Apesar de estas condições serem as ideais para as trutas, podem condicionar ainda mais a escolha de locais e o nível das albufeiras. Isto já para não falar na realização dos petiscos ao ar livre.

Previsões meteorológicas 1 de Abril de 2014 abertura Barragens Gerês

Quanto à temperatura, ela está dentro de parâmetros normais para esta época do ano, mas abaixo da média dos últimos dias. Atendendo a que o Gerês está muito acima de Viana do Castelo em termos de altitude, podemos mesmo ter um tempo bastante frio (com vento forte) e a possibilidade de queda de neve. Esta situação pode condicionar fortemente o comportamento das trutas e levá-la para níveis reduzidos de actividade.

Perante este prognóstico, o cenário não é muito animador. Sabemos que ainda faltam uns dias para a abertura e que muita coisa se pode alterar, no entanto convém desde já ir preparando para este tipo de possibilidade. Acreditamos que as trutas, com estas condições, se concentrem nas saídas de água e em zonas de maior afluência de nutrientes. À partida deveriam estar activas, mas o frio pode condicionar bastante a sua movimentação, colocando-as apenas ao alcance de quem pesca ao fundo ou à bóia.

Seja como for, temos aí mais uma abertura das barragens do Gerês. Se não for no primeiro dia, certamente que nos dias seguintes teremos oportunidade para realizar boas capturas. Convém ir estando atento ao tempo e à evolução do nível das barragens 🙂 🙂

Related Posts with Thumbnails


Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.