Truta recorde confiscada pelas autoridades

Truta recorde confiscada pelas autoridades


Apesar desta história já ter algum tempo, acho que é sempre uma boa oportunidade para reflectir sobre a exigência da lei e sobre o comportamento dos pescadores quando perante situações únicas em termos de capturas. Efectivamente, o que se retrata aqui é a captura à pesca no gelo de uma truta de lago recorde no Canadá com cerca de 24kg que posteriormente, quando já estava pronta para ser embalsamada, foi alvo de confisco por parte das autoridades.

De acordo com o relatado, a truta foi capturada num estado onde a lei só permitia uma captura por dia. O problema é que o pescador em causa já tinha retido uma captura naquele dia, tendo sido fiscalizado pelas autoridades após essa captura. Posteriormente, capturou o exemplar recorde e resolveu oferecer a truta inicialmente retida a outro pescador que estava na proximidade. Isto permitiu que ele conseguisse safar-se sem problemas no dia da captura. O problema foi quando mais tarde apareceu nos media e na imprensa a anunciar o seu feito, declarando a captura no mesmo dia em que tinha sido fiscalizado.

Truta de lago recorde - pesca no gelo - Canadá

Infelizmente, os guardas que o fiscalizaram viram a notícia e lembraram-se do ocorrido, resolvendo imediatamente aplicar a lei. Assim, passadas três semanas apreenderam a truta e declararam a captura ilegal, criando assim enormes problemas legais para o pescador e evitando que a captura possa ser considerada um recorde pela IGFA.

Para uma leitura mais atenta, podem sempre consultar a notícia abaixo:


Como podem ver o crime não compensa, especialmente se queremos andar a apregoar ao mundo que fazemos as coisas mal e ainda por cima sem nos preocuparmos em esconder alguns detalhes comprometedores, como a data de captura neste caso concreto. Efectivamente, a lei se existe é para ser cumprida, especialmente em países como o Canadá ou os EUA onde a fiscalização existe e é levada a sério, ou seja, mesmo passado três semanas, as autoridades foram atrás do pescador. Podemos discordar do conteúdo da mesmo por ser bastante rígida no que diz respeito a situações de capturas de troféus, mas não deixa de ser a lei, por muito que discordemos dela.

Também acredito que seja sempre difícil para um pescador libertar um peixe deste calibre, porque haverão sempre dúvidas sobre o real tamanho e peso da captura, por muitas medidas e fotos que se tirem. Basicamente, é sempre muito difícil quando se tem que decidir entre cumprir a lei e uma situação especial e única que marca a nossa vida. É daquele tipo de situações onde eu não gostava de estar e onde raramente se decide bem, dê por onde der …

A notícia inicial que deu lugar a todo o este caso e à investigação das autoridades encontra-se abaixo:


Related Posts with Thumbnails




Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.