Primeira previsão para a abertura 2015

Primeira previsão para a abertura 2015




Com um dia de chuva como hoje, até parece que as coisas se estão a preparar para termos uma abertura da pesca à truta com boas condições, no entanto, tal poderá não ser o caso, pois ainda temos 26 dias para chegarmos a esse grande dia. Assim, e como eu já sei que muitos de nós já têm níveis de ansiedade acima da média, resolvi procurar na net uma primeira indicação sobre aquilo que nos pode esperar em termos meteorológico antes da abertura, no dia da abertura e mesmo após a abertura. Para tal, recorri ao site Accuweather e procurei uma previsão de 45 dias para a cidade de Viana do Castelo, que para mim é sempre um bom referencial para uma abertura na zona do Minho.

Antes de comentar aquilo que são as previsões que encontrei, é importante salientar que a margem de erro das mesmas é bastante elevada, pois ainda faltam mais de 20 dias para chegarmos a 1 de Março. Mesmo assim, e trabalhando com aquilo que temos, parece-me que o contexto em geral é positivo para a abertura da pesca. O mês de Fevereiro não será especialmente chuvoso, mas penso que deverá apresentar a pluviosidade necessária para pelo menos manter os caudais a níveis razoáveis para a altura do ano.

Previsão meteorológica abertura pesca à truta 2015 - Accuweather

Um facto bastante interessante que sobressai da análise das previsões acima, é o facto de estar prevista chuva com alguma intensidade para o dia 28 de Fevereiro, isto apesar de no dia 1 de Março a previsão ser de céu limpo, mas com vento forte. A confirmar-se este facto, já estou a ver com muita clareza onde é que a abertura deste ano vai ocorrer. 27mm de chuva já são uma quantidade bastante razoável para elevar um pouco o caudal de alguns rios e trazer alguma cor para os mesmos. Claramente, algo que agrada aos salmonídeos e sobretudo à estirpe migradora.

Quanto à temperatura, nada de especial, as alterações serão mínimas numa amplitude térmica que se prevê entre os 14 e os 6 graus centígrados. Temos que ter em conta as diferenças do litoral para as zonas de montanha e acredito que em locais como Serra da Estrela ou Bragança, as temperaturas sejam negativas de manhã, levando a águas bastante frias e trutas inactivas, especialmente ao spinning.

No global, parece-nos que tudo se encaminha para uma abertura marcada por bons caudais dos rios truteiros, sem no entanto termos uma situação de cheias absurdas, onde a pesca seria muito difícil de praticar. Rios de montanha, condicionados pela neve, deverão ter caudais médios e águas extremamente frias. Rios de planície deverão apresentar caudais relativamente generosos, águas com tonalidade mais escuras e temperaturas razoáveis. Rios condicionados por barragens deverão ter caudais elevados que se deverão manter durante toda a jornada, tornando relativamente difícil a prática do spinning no primeiro dia.

Sei que ainda faltam vários dias, mas convém ir prestando atenção á evolução meteorológica nos próximos dias, já que ela será a condição mais importante para o sucesso da abertura. A menos de 15 dias da abertura, voltarei a este assunto para, com dados mais fiáveis, apresentar uma panorâmica mais credível.

Comentários Facebook - Trutas.PT
Related Posts with Thumbnails


Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.