Condições na Barragem dos Pisões

Condições na Barragem dos Pisões


Recentemente, e na sequência da 2ª edição do Torres Fishing Challenge, que já se tornou uma referência na pesca desportiva a nível nacional e internacional, tivemos a oportunidade de passar pela albufeira da Barragem dos Pisões e observar as condições actuais da mesma. Efectivamente, e tal como era de esperar, a albufeira está relativamente cheia, mas ainda não se encontra na sua quota máxima, sendo bastante fácil o acesso dos pescadores a quase todos os pesqueiros, especialmente se andarem a pescar ao spinning. Existe cerca de 3 a 4 metros de margem relativamente limpa para se poder pescar sem problemas.

Quanto às linhas de água da barragem, verificamos que o débito era relativamente reduzido, sintoma da falta de chuva dos últimos tempos. Quanto à temperatura, apesar de estar muito mais fria relativamente ao litoral, pareceu-nos estar acima da média para esta altura do ano, quer dentro, quer fora de água.

Barragem dos Pisões condições pesca Dezembro 2015

A nível de acção de pesca, conseguimos visualizar vários carros parados nas margens da barragem com vários pescadores a tentarem a sua sorte ao fundo e ao spinning. Não se via aspecto de grande actividade dos peixes, pois não consegui visualizar nada a mexer dentro de água, nem nenhum movimento à superfície. Também não nos chegou ao conhecimento a existência de qualquer captura de jeito nesse dia. Aliás, fazia-se sentir um típico vento norte forte a moderado sobre a barragem e a situação não era nada favorável para os pescadores e para o peixe.

No global, mais uma visita a Pisões e mais uma informação que aqui fica para quem quiser dar uma volta nesta barragem. Não se esqueçam no entanto que a pesca às trutas nesta barragem está fechada até 1 de Abril, portanto todas as que saírem acidentalmente têm que ser imediatamente devolvidas. Só a partir do dia 1 de Abril é que se pode reter trutas.

Related Posts with Thumbnails




Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.