Torres Fishing Challenge – 2ª edição

Torres Fishing Challenge – 2ª edição


Depois da primeira edição em 2014, em que não pude estar presente por compromissos cinegéticos com o Mota em terras do Sabugal (com Torres a ligar-me e passado 10 segundos uma perdiz estar a tombar num caminho de Santo Estevão), em 2015 não podia faltar ao Torres Fishing Challenge. Afirmando-se como um momento de excelente convívio entre amigos logo após o Natal, este é um evento que promete pela sua capacidade de mobilizar o nosso vício pela pesca numa altura em que já estamos a terminar o ano e queremos fazer um último registo antes de finalizar a temporada.

Como é costume nesta altura, a actividade dos peixes é muito reduzida e o frio também é mais que muito. Para juntar as duas coisas, o Torres Fishing Challenge propõe uma pesca sem morte aos predadores na zona de Montalegre, realizando uma escolha criteriosa de águas não salmonideas. Mais concretamente, o que interessa é desenferrujar as canas e carretos, fazer exercício físico e apanhar frio o suficiente para ter vontade de ao meio-dia ir almoçar uma boa posta ou costeletão Barrosão. Isso é que interessa.

Assim, em 2015, o cenário pouco se alterou. Frio qb, muito pouca actividade dos peixes, especialmente daqueles que eram o nosso alvo preferencial. Apenas o Torres tirou um peixe e apanhou uma truta de cerca de 32 cm que foi rapidamente devolvida à água. Não era um dos alvos da nossa expedição, mas foi o único sinal que tivemos.

Truta 32 cm - Torres Fishing Challenge

Enfim, o climax do dia foi claramente o almoço com um excelente costeletão de carne Barrosã no Restaurante Dias perto da Barragem dos Pisões. Comemos bem, bebemos melhor e pagamos pouco. Tudo num ambiente festivo, com muito humor e muita boa disposição. Melhor que qualquer descrição, só mesmo as fotos abaixo:

Torres Fishing Challenge em acção

Equipa - Torres Fishing Challenge

Restaurante Dias - costeletão - Torres Fishing Challenge

Para 2016, vai haver mais Torres Fishing Challenge. O evento já foi criado no facebook e eu já estou mais que inscrito. Ainda não sabemos o dia exacto, mas nem que seja no dia 31, eu estou disponível para mais um excelente momento de convívio em grande companhia. Companhia de gente apaixonada pela pesca que privilegia um convívio salutar, sem andar motivada por interesses e causas mesquinhas. Um bem haja a todos os que participaram e ao Torres por esta grande iniciativa. Este ano, lá estaremos!!

Related Posts with Thumbnails




Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.