Previsão do tempo para a abertura 2016

Previsão do tempo para a abertura 2016

Estamos no dia 19 de Fevereiro e basicamente faltam 10 dias para a abertura. Apesar de já estarmos bastante próximo do dia mais desejado do ano para os pescadores de trutas, a verdade é que ainda não tive oportunidade para verificar o material como deve ser e realizar a minha tradicional visita às lojas de pescas, se bem que já liguei ao Cerdeira a marcar visita obrigatória para a próxima semana.

De qualquer forma, e de modo a ir preparando os motores para a grande terça-feira que se avizinha, fui direccionando a minha atenção para as previsões meteorológicas que serão o factor mais importante a condicionar o sucesso das pescarias no dia 1 de Março. Depois um período de forte chuvas que colocou os caudais a níveis bastante generosos em todos os cursos de água truteiros, parece-me que vamos entrar num período de alguma acalmia com sol e frio qb.

Para termos uma ideia mais clara do que nos pode esperar no dia 1 de Março, apresento abaixo previsão do site Accuweather para Viana do Castelo.

Previsão meteorológica abertura 2016 - Viana do Castelo - 1

Como podem observar a amplitude térmica prevista para a abertura anda entre os 15 e os 8 graus centígrados na zona litoral, sendo previsível que nas zonas de montanha possa ser maior, sobretudo com as mínimas a trilhar os negativos ou os positivos muito baixos. A probabilidade de chuva é relativamente baixa e prevê-se um dia nublado com alguns períodos de sol. O vento soprará do Norte com força fraca a moderada, aumentando a sua intensidade à medida que avançamos para a tarde.

Com este tipo de cenário, parece-nos que a actividade das trutas estará um pouco condicionada pela baixa temperatura do dia 1 de Março e também dos dias anteriores que baixarão substancialmente a temperatura das águas dos rios. Esse efeito será muito maior nas zonas de montanha do que nas zonas de planície litoral e forçará a pesca ao spinning mais lenta e insistindo mais vezes nas zonas consideradas mais favoráveis. A actividade das trutas será maior com o aumento da temperatura do final da manhã e início da tarde, sendo obviamente menor de manhã cedo e ao final do dia.

Do lado positivo, há a considerar o facto de o céu estar nublado durante o dia da abertura, o que pode facilitar bastante a aproximação dos pescadores à margem dos rios, evitando que as trutas se apercebam da sua presença.

Relativamente aos caudais, e com alguma chuva fraca, desde hoje até ao dia 1 de Março, é expectável que o nível venha a diminuir gradualmente na maioria dos rios e ribeiros, levando a que os mesmos fiquem contidos dentro das suas margens normais. Só mesmo nos grandes rios condicionados por barragens, como o Minho, Lima ou o Cávado, é que o cenário pode estar muito mais complicado, já que as barragens podem estar a funcionar com força máxima e durante todo o dia. Mesmo assim, pode sempre ser possível apanhar algumas trutas perto da margem, mas o acesso às zonas centrais dos rios estarão completamente fora do alcance para os pescadores de spinning.

No que diz respeito ao vento, o mesmo não me parece que vá ter grande influência na pesca e que vá condicionar os lançamentos ou a perda de amostras. De facto, a azelhice da abertura dos pescadores será o único factor a culpar nas situações mais criticas. De qualquer forma, atenção aos leitos porque muito mudou com as cheias. As alterações podem ter provocado novos obstáculos dentro de água que poderão ser verdadeiras armadilhas para perder amostras. Por isso, convém uma leitura atenta do curso de água a pescar antes de realizar os lançamentos.

Finalmente, uma última informação deveras importante para evitar ilegalidades. O nascer e o pôr do sol está previsto para as 7h09 e as 18h27, respectivamente.

Previsão meteorológica abertura 2016 - Viana do Castelo - nascer do sol

Sei que para já ainda estamos no domínio das previsões, mas apenas com 10 dias de espera, a margem de erro começa a ser cada vez menor, portanto, está na altura de começar a aquecer os motores e planear a estratégia 🙂 🙂

Related Posts with Thumbnails




Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.