Despoluição do Rio Ave

Despoluição do Rio Ave

Chegou muito recentemente ao nosso conhecimento que estão a ser dados passos bastante sólidos no sentido de se conseguir reabilitar o Rio Ave. Efectivamente, este foi um dos rios mais fustigados pelo processo de industrialização da zona norte, chegando a atingir um ponto crítico, em que para além de ficar quase sem população piscícola, constituía uma séria ameaça para a saúde pública. Neste momento, com a construção de ETAR’s, a instalação de saneamento e uma fiscalização mais apertada sobre fontes poluidoras, tem-se conseguido minorar os problemas mais dramáticas, no entanto, ainda subsistem situações complicadas.

Com esta perspectiva em mente, o município de Guimarães realizou recentemente uma reunião de avaliação intercalar para o plano de combate à poluição do rio Ave. A reunião visou não só aspectos técnicos, mas tentou também levar a uma maior abrangência do plano de acção, trazendo para a mesa mais entidades envolvidas directa ou indirectamente na bacia hidrográfica do Ave.

Truta 30 cm Rio Ave Março 2015

Para uma leitura mais atenta e mais detalhada desta iniciativa, podem consultar a notícia que se encontra abaixo:


Para os pescadores de trutas, isto são excelentes notícias e podem ser indicadoras de uma mudança radical na actual situação do Rio Ave. Este curso de água possui excelentes condições para albergar uma boa população de trutas, aliás como se pode comprovar no troço imediatamente a jusante da barragem do Ermal, no entanto, a poluição continua a ser um cancro que não permite que as trutas se instalem nos troços médios e inferior.

Já tive a oportunidade de pescar às trutas no Rio Ave no ano passado e conseguir realizar uma boa pescaria, atendendo às condições. Efectivamente, verifiquei “in loco” que a poluição continua a ser um problema, mas também vi o potencial que o rio tem para albergar grandes troféus e boas densidades de trutas. As sequências de correntes e açudes são verdadeiramente impressionantes, e permitem bons locais para as trutas se refugiarem e se alimentarem.

É com enorme expectativa que aguardamos mais notícias sobre este plano e sobretudo sobre os seus resultados práticos em termos de qualidade de água e densidade de peixe, nomeadamente trutas!!

Related Posts with Thumbnails


Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.