Convívio 2016 – Meteorologia

Convívio 2016 – Meteorologia

Este ano vamos organizar o nosso convívio mesmo no último dia do ano em parceria com o Torres Trophy Challenge. É um momento que aguardamos com enorme expectativa, pois pela primeira vez fechamos a temporada de forma completamente literal. Sabemos que o dia não é o melhor por várias razões, mas também a escolha não foi inocente, pois só interessa que esteja presente quem é mesmo aficionado e não olha a meios para estar a pescar ao spinning numa das zonas mais belas de Portugal na companhia dos seus grandes amigos. Como se diz, e bem: “Só faz falta quem está!!”

Por esta altura, já temos as inscrições completamente fechadas e o grupo que se formou não podia ser melhor. Como tal, e perante um tal conjunto de aficionados, vai crescendo a ansiedade relativamente ao convívio, pois este ano vamos ter várias surpresas, num figurino completamente inovador. Desde prémios a merchandising, passando por excelente gastronomia, está tudo preparado para tornar este convívio no melhor de sempre!!

Para ajudar à festa, verificamos que as condições que nos aguardam nas barragens do Gerês também são bastante propícias a um dia bem passado. Com base nas previsões do Windguru e utilizando Viana do Castelo como ponto de referência, espera-se um dia completamente limpo e com o sol a brilhar, desde manhã cedo até ao final do dia. Claramente que a amplitude térmica será muito superior à que se prevê para o litoral, pois a mínima em pleno Gerês deve andar muito próximo dos 0 graus. Assim, devemos ter um início de dia com uma manhã bastante fria que rapidamente deverá dar lugar a um dia de sol com uma temperatura amena para a época do ano. A ajudar ainda mais a este cenário, regista-se o facto de o vento ser fraco durante quase todo o dia.

meteorologia-convivio-2016

Com estas condições, penso que o sucesso do convívio está garantido. O início da hostilidades deve estar marcado para as 10 horas e portanto, nem mesmo o frio matinal deve afectar muito os pescadores.

Quanto à pescaria, espera-se que o peixe esteja com níveis reduzidos de actividade, especialmente durante a manhã. No entanto, à medida que o dia for aquecendo, parece-nos que vamos ter uma melhoria significativa neste aspecto, que deve atingir o seu auge, algures entre as 12 e as 15 horas. Como tal, recomendam-se recuperações lentas e fundas para ir tentando mexer os exemplares que estejam mais activos, especialmente nas primeiras horas.

Bem … estamos falados, meus caros. Dia 31 lá estaremos para depois contar aqui todas as peripécias. Bom ambiente e boa gastronomia não vai faltar!!

Comentários Facebook - Trutas.PT
Related Posts with Thumbnails


Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.