Barragem de Paradela do Rio – 2017

Barragem de Paradela do Rio – 2017


Nos últimos dias tive a oportunidade de passar e pescar na Barragem de Paradela do Rio. Apesar de as condições não serem as melhores, devido ao facto de abertura ter acontecido recentemente e também ao tempo de sol e calor que se fazia sentir, achei por bem malhar um pouco de ferro nesta albufeira do Gerês para ver como estava o panorama em termos de trutas.

Como é costume, fiz a paragem obrigatória no café Benfica, paguei os 3 euros pela licença e toca a andar para as zonas que me parecem mais interessantes e também aquelas que conheço melhor. Pelo caminho, reparei que já estavam dois pescadores na albufeira, a pescar à minhoca num sítio que não me incomodava minimamente. Ao mesmo tempo, também reparei que a albufeira estaria a 10 metros da sua quota máxima, o que permitia uma movimentação relativamente fácil junto das margens.

Depois de fazer uma verificação prévia das zonas proibidas, preparei o material de pesca, apostando no heavy spinning com a selecção de um Black Minnow de 9 centímetros, devidamente preparado com um triplo.

Mal cheguei à margem, fiquei logo bem elucidado. Carreiros bem trilhados pelos pés dos pescadores indiciavam uma forte pressão de pesca desde a abertura a 1 de Março. Iria ser muito difícil conseguir mexer alguma coisa, até porque o clima não estava nada a ajudar e rapidamente o sol começou a bater na água. Assim, durante toda a manhã andei a coar água e apenas consegui ver uma truta atrás do Black Minnow e tive dois ou três toques ligeiros, que me pareceram peixe, mas também podiam ter sido outra coisa qualquer. A temperatura da água estava bastante aceitável para a época do ano, mas mesmo assim não se via nenhuma actividade, nem fora, nem dentro de água.

Chegado à hora do almoço, sem nenhum sinal positivo, achei que não valia a pena continuar. A escolha não tinha sido a melhor e portanto havia que reflectir e pensar numa nova estratégia. Ainda poderá valer a pena voltar a Paradela, mas terá que ser numa altura em que a pressão de pesca se torne bastante baixa e que as condições atmosféricas sejam favoráveis à alteração do comportamento e da furtividade das trutas.

Comentários Facebook - Trutas.PT
Related Posts with Thumbnails




Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.