Condições na Ribeira de São João

Condições na Ribeira de São João




Recentemente, passei perto da foz da Ribeira de São João de Agra e tive oportunidade de comprovar que a seca grave que se faz sentir por todo o país, também está a ter algum impacto na zona norte do país. Efectivamente, o caudal desta ribeira está a níveis inferiores aos observados em anos anteriores, mas mesmo assim encontram-se algumas correntes com vivacidade e poços de dimensão mínima. Estas condições fazem-nos crer que a situação não é dramática e que as trutas têm o habitat necessário pelo menos para aguentar até meados de Setembro. Se entretanto, Setembro decepcionar bastante em termos de pluviosidade, então as coisas podem começar a tornar-se verdadeiramente dramáticas.

Em termos de trutas, ainda dei uma vista de olhos na zona, mas não consegui vislumbrar nenhum exemplar no curso da ribeira, mesmo em zonas onde normalmente era fácil encontrá-las. Os únicos exemplares que consegui visualizar, foram duas ou três trutas inferiores ao tamanho mínimo, já no rio Coura, a seguir à foz da ribeira.

Mais uma vez, tenho sérias dúvidas sobre o impacto dos incêndios dos anos passados sobre as populações de trutas desta ribeira. Nota-se algo de diferente em termos de densidade, especialmente na parte final do troço desta ribeira. Obviamente, não pesquei os troços médio e superior, e como tal as minhas suspeitas podem ser infundadas!! Esperemos que assim seja. Aliás, para tirar a prova dos 9, quero ver se no próximo ano me dedico mais ao light spinning e se visito este curso de água a sério. Até lá, resta esperar que chova e que as trutas tenham condições para prosperar e realizar uma boa desova …

Comentários Facebook - Trutas.PT
Related Posts with Thumbnails


Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.