Rio Neiva – Janeiro 2018

Rio Neiva – Janeiro 2018




Ontem, passei na A28 a caminho de Viana do Castelo e a curiosidade impôs-se mal vi a placa a dizer Rio Neiva. Assim, e sem mais demoras, resolvi sair para ver as condições actuais deste grande rio truteiro, que bem conheço e onde normalmente pesco.

As fotos que acompanham o post foram tiradas na concessão de pesca do baixo Neiva, mais propriamente naquele lote que atravessa a Estrada nacional 13 e a A28. Trata-se de um conjunto de troços com bons poços e açudes, e também algumas correntes relativamente profundas. É uma zona conhecida por dar bons exemplares de trutas, tendo eu já comprovado isso em várias pescarias lá realizadas, algumas gravadas em vídeo.

Assim, e tomando como ponto de referência o açude junto da A28, verifiquei que o caudal do rio Neiva estava bastante bom, atendendo às condições que se vivem actualmente em Portugal. Água qb, relativamente limpa, boas correntes, boa oxigenação e temperatura não muito fria. Não se notou qualquer sinal de cheia ou enxurrada e as margens pareciam relativamente estabilizadas.

Quanto a trutas e outros peixes, nem sinal. Ainda procurei um pouco junto à margem, mas atendendo à época do ano, é mais que natural que as trutas estejam a aproveitar estas condições para tentarem realizarem a desova. Assim, devem estar em cardume próximo de zonas com tributários ou em areais de menor profundidade …

No meu pequeno passeio pela margem do rio, ainda vi uma placa de informação da concessão de pesca com um mapa e resumo das principais condições de exploração da concessão. Não tinha sido elaborada com os materiais adequados para estar ao relento e portanto já apresentava algum grau de deterioração. Mesmo assim, ainda dava para retirar alguma informação. Quanto a placas oficiais, notei que muita da sinalização existente tinha sido arrancada (sabe-se lá por quem e com que intuitos) e portanto exige-se uma reposição da mesma. Sem que a mesma esteja devidamente colocada, os troços em questão podem ser alvo de exploração livre.

No global, gostei de voltar a ver o Neiva e ainda mais nas condições que considero ideais para pescar às trutas e sobretudo exemplares de grande tamanho. Foram muitas as lembranças de boas pescarias realizadas no passado que rapidamente me vieram à mente e possivelmente farei uma visita ao Neiva em 2018. Isto depois de nem sequer lá ter parado uma vez para pescar a sério no ano anterior!!

Comentários Facebook - Trutas.PT
Related Posts with Thumbnails


Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.