Mais umas boas trutas …

Mais umas boas trutas …

Mais um dia a ameaçar chuva e mais uma pescaria à procura de bons exemplares, apostando sobretudo nos blacks minnows. Depois de uma manhã sem produtividade, resolvi apostar numa zona de águas paradas, com entrada de uma linha de água, onde costumam sempre juntarem-se algumas boas trutas. Os lançamentos começaram a sair e logo no segundo ou terceiro, pareceu-me sentir um ligeiro toque, mas devido aos 50 metros de linha fora do carreto, não deu para perceber bem o que era. Fui insistindo à procura de confirmação!!

Avancei ligeiramente para jusante, e depois de um lançamento cruzado, voltei a tentar a distância mais longa. A amostra caiu na água e comecei a recuperar lentamente. Fui sentindo o trabalhar do minnow e de repente, sinto uma paragem brusca a que reajo com uma cravadela forte da cana. Do outro lado, vejo um brilho metálico e salta uma linda truta fora de água com o minnow na boca. Lá a seguro como posso e ela tenta arrancar para jusante. Antecipando esse movimento, dei dois passos para montante e comecei a firmar o carreto. A truta foi dando bastante cabeçadas, mas não tinha arcaboiço para fazer mais do que isso. Com 0,18, em poucos menos de 1 minuto já estava nas minhas mãos. Uma linda truta com 29 centímetros!!

Animado com esta captura, e com o tempo a reduzir-se para meia hora de pesca, devido a um compromisso inesperado que surgiu no entretanto, comecei a lançar ainda com mais vontade. A recompensa não tardou muito… Ao quinto lançamento, e depois de uma recuperação super lenta, sinto um ligeiro toque e cravo com imensa força, para ver apenas a linha a deslocar-se com força e o carreto a dar linha. Era peixe de bom tamanho. Antecipando uma boa luta, avancei para dentro de água, mas a truta manteve-se fora de alcance visual, utilizando o seu peso para se afastar de mim. Mesmo levantando a ponta da cana, não se via ainda sinal de peixe à superfície. Só se via a linha a correr para um lado e depois para o outro, entre uma e outra cabeçada. Lá fui trabalhando o peixe com calma até que se deixou chegar à margem para eu ver pela primeira vez uma linda truta de grande qualidade. Tirei o camaroeiro e depois de quatro ou cinco passagens, lá a consegui meter dentro da rede. Um lindo exemplar com pintas vermelhas e com 50 centímetros (foto de capa). Uma truta para pesar mais de kilo, mas que ainda estava bastante magra, devido certamente ao esforço da desova.

Depois destas duas boas capturas, fiquei completamente tapado de tempo e bastante satisfeito. Em apenas uma hora, fiz aquilo que não consegui durante mais de 6 horas e portanto, já sentia que tinha valido a pena o esforço. Agora, havia que deixar descansar as “meninas” para voltar a realizar uma incursão dentro em breve!! O sítio já está mais que marcado 🙂 🙂

Related Posts with Thumbnails




Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.