Edital de pesca no Rio Minho – 2020

Edital de pesca no Rio Minho – 2020

Mais um verão e mais um edital para regulamentar a pesca no Rio Minho que é publicado. À semelhança do que se tem vindo a passar nos últimos anos, existem sempre algumas novidades, mas no essencial, e no que respeita à pesca do salmão e das trutas, as alterações não são muito significativas.

Assim, uma primeira alteração tem a ver com a utilização de amostras e ou peixes artificiais superiores ou iguais a 7 centímetros ou com poppers. No próximo ano, parece que apenas vamos poder utilizar estes iscos entre 18 de Março e 31 de Julho. Isto vai afectar sobretudo os pescadores de robalos e parece ser uma medida um pouco estranha, já que não consigo ver quais serão os efeitos práticos da mesma. Os vinis ficam de fora … vá lá … não se perde tudo.

Outra situação importante, é a proibição da pesca ao corrico com amostras ou peixes artificiais a partir de embarcação. Isto vem permitir apenas o spinning e vai colocar de certa forma os pescadores embarcados e de margem em maior nível de igualdade. Acho que esta alteração é bastante relevante, mas na prática vamos ver como é que a fiscalização vai ser.

Quanto aos períodos hábeis de pesca, pouco há a dizer. A pesca às trutas e salmões começa primeiro a nível profissional no dia 1 de Março (algo que não faz qualquer sentido!!) e só depois é que abre aos lúdicos em 18 de Março. O mesmo também acontece para o sável e savelha. Quanto a fechos, 30 de Julho para as trutas e 29 de Junho para os salmões.

Para uma leitura mais atenta, aconselho a visitarem o link abaixo para reprodução total do edital:

Edital de pesca no Rio Minho 2020

Devido à complexidade logística deste documento, aconselho a impressão de uma cópia para uma leitura atenta e para posterior transporte durante as sessões de pesca. Isto permite esclarecer pontuais dúvidas que surjam no local, bem como pode servir para evitar problemas com as autoridades. Chamo especial atenção para a necessidade de conhecer as áreas onde a pesca está proibida.

Bem, com isto está tudo dito. Espero que o rio Minho volte a dar umas boas pescarias no próximo, e se não for mais cedo, quero ver se passo por lá para mais uma edição do Abertruta!!

Related Posts with Thumbnails




Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.