Nós de pesca em video: Nó de dupla união.

Nós de pesca em video: Nó de dupla união.


Mesmo depois de já termos escrito alguns artigos sobre nós de pesca, sabemos que muitas vezes não é fácil começar a realizar novos nós sem exemplos reais de como os mesmos são realizados. Para muitos de nós (velha guarda ou nova geração), não há nada como uma demonstração real de como as coisas se fazem para nos por a tentar algo de diferente :). Conscientes disso, resolvemos aproveitar alguns dos videos disponiveis no YouTube para vos ajudar a realizar novos nós de pesca ou simplesmente melhorarem alguns que já conhecem.

Este é um elemento de uma pequena colecção de videos sobre nós de pesca que estamos a construir. Estes videos são criados pelo projecto videofishingknots.com e seguem os principios básicos previstos no manual de boas práticas em termos da realização de nós. A própria escolha de materiais, linhas e contrastes apresentados nos videos destina-se a realçar os principais movimentos a atender na realização dos nós de pesca. Aconselha-se sempre a visualização do video tentando realizar o nó de pesca em simultâneo. Se não conseguirem logo à primeira, podem sempre tentar esta técnica quantas vezes quiserem até se tornarem uns especialistas na realização do nó.

O video de hoje incide sobre o nó de dupla união que é um dos nós de pesca que recomendados para quem pretenda realizar ligações entre linhas de pesca de tamanhos similares ou diferentes. Este nó é realizado com base na realização de dois nós de união distintos (por isso o nome de dupla união). O primeiro destina-se a prender uma das linhas, enquanto o segundo prende a outra. No final, os dois nós devem ser juntados, fazendo-os deslizar sobre as linhas. A finalização deste nó é sempre importante para assegurar a sua qualidade, pois muitas vezes o nó tende a não sair bem à primeira. O video com os passos a seguir na realização deste nó de pesca, encontra-se abaixo:

Este é um nó de pesca que requer algum cuidado na sua realização, mas que tende a dar bons resultados. Com alguma prática, é muito fácil passar a dominá-lo. Na fase final do nó, aconselha-se sempre a realização de um pequeno teste de resistência para ver se o mesmo está bem realizado e se não existem defeitos que podem levar à ruptura da linha de pesca. Convém também diminuir ao máximo a dimensão total do nó, de modo a reduzir o seu impacto sobre o enrolamento da linha de pesca na bobina. Isto é especialmente importante para bobinas onde existem diferentes linhas com diferentes diâmetros a serem utilizadas durante a acção de pesca.

Espero que desfrutem … e boas pescarias 🙂

Related Posts with Thumbnails




Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.