Condições no Rio Ovelha – Janeiro de 2013

Condições no Rio Ovelha – Janeiro de 2013


Recentemente, passei pela zona do Marão e não podia deixar de lado a visita a duas massas de água bastante afamadas em termos truteiros: o rio Ovelha e o rio Carneiro. Ambos se juntam mesmo a jusante do local onde me encontrava, e fica só o Ovelha. Só tirei fotos do Rio Ovelha, por uma questão de tempo, mas as condições que se observavam nos dois rios eram relativamente similares.

O caudal em ambos os rios estava a níveis considerados bons para esta altura do ano. Os açudes estavam cheios e as correntes estavam a correr a níveis bastante consideráveis, mas ainda dentro das margens. Pareceu-me um cenário ideal para a desova e para o consequente sucesso das posturas.

A qualidade da água pareceu-me razoável. Estava melhor no Rio Carneiro do que no Rio Ovelha. Atendendo às obras do IP4, parece-me que os estragos não serão muitos, mas isso, só os pescadores frequentes deste rio é que podem testemunhar. Não visualizei qualquer truta na ponte onde me encontrava, mas o açude da foto de capa parece-me ter as condições ideais para albergar bons exemplares.

Já há uns anos que não visito o rio Ovelha. Da última vez que por lá passei, vi alguns bons exemplares no seu troço médio e capturei, em conjunto com o meu irmão, duas trutas razoáveis na foz. Acho que dentro em breve, vou ter que voltar a passar por lá para ver como é que as trutas se estão a desenvolver. Os últimos rumores que foram chegando de algumas pescarias realizadas lá no último ano não eram muito animadores, mas não há nada como uma visita “in loco” para tirar as dúvidas 🙂

Related Posts with Thumbnails




Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.