Centro de Interpretação da Truta da Serra da Estrela

Centro de Interpretação da Truta da Serra da Estrela


Apesar de o CITSE já ter algum tempo, o seu valor pedagógico e simbólico exigem que façamos uma alargada referência a este projecto que pensamos ser uma importante mais valia para a divulgação da pesca à truta nas suas várias vertentes. Localizado na Serra da Estrela, mais concretamente na proximidade da Pousada da Juventude das Penhas da Saúde (a 2 minutos a pé do Hotel Serra da Estrela e não muito longe da Lagoa do Viriato), o Centro de Interpretação da Truta da Serra da Estrela (vulgo CITSE) é um projecto fundamental para criar uma nova mentalidade sobre o valor da preservação da truta autóctona da Serra, bem como para a divulgação da pesca desportiva como sendo um desporto sustentável a todos os níveis. Isto já para não falar da potenciação do turismo na zona.

O CITSE é o resultado do esforço da Associação da Pesca à Pluma da Serra da Estrela (APPSE) e dos seus associados, que durante vários anos trabalharam de forma empenhada neste projecto. A ideia era criar o primeiro centro nacional dedicado à problemática da truta, numa perspectiva de defesa do património genético da zona e da promoção da biodiversidade e pesca desportiva. Para terem uma ideia do projecto na sua fase inicial, podem visualizar o vídeo que se encontra abaixo e que foi realizado na altura:

Neste momento, e já com alguns anos de funcionamento, o CITSE, para além da zona de interpretação, tem também um conjunto de espaços de água dedicados à pesca desportiva da truta na vertente com morte, limitado a um máximo de 3 trutas capturadas. O espaço dispõe de várias infra-estruturas para permitir um final de tarde bem passado com a família e alguns amigos. Os acessos são bons e existe uma superfície bastante limpa junto às zonas de água para facilitar a deslocação dos pescadores e a acção de pesca.

CITSE Centro de Interpretação da Truta da Serra da Estrela Centro de Interpretação da Truta da Serra da Estrela

A temporada de pesca no CITSE decorre entre os dias 14 de Março e 31 de Julho, sendo possível realizá-la aos Sábados, Domingos e feriados nacionais. Neste centro, existem trutas fario. Para terem uma melhor ideia sobre o que se passa neste centro e a qualidade dos espaços, podem consultar as fotos da página do Facebook.

No global, gostaríamos de saudar a Associação de Pesca à Pluma da Serra da Estrela por este nobre projecto em defesa da truta da Serra da Estrela. Acho que esta é uma iniciativa marcante que pode lançar a semente para uma maior divulgação do nosso desporto e das problemáticas que afectam a sobrevivência das trutas selvagens nas nossas águas. Sem tentar trazer as trutas mais para perto das pessoas, torna-se difícil angariar pescadores e sensibilizar os cidadãos para as nossas causas, especialmente os que vivem nas cidades. Este é um importante passo a caminho de uma maior proximidade. Bem haja!!

pixel Centro de Interpretação da Truta da Serra da Estrela




Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.