Poluição no Rio Vez … Crime!!

Poluição no Rio Vez … Crime!!

Meus caros,

Mais uma para o nosso ministro dos sacos plásticos que pensa que se consegue unicamente cuidar de forma eficaz do ambiente através da aplicação de impostos sobre os consumidores. Isto porque na cabeça minúscula de algumas pessoas, os consumidores são os principais responsáveis pela poluição no nosso País!!

É pena é que neste caso concreto que o nosso colaborador José David relata abaixo não existam consumidores a viver na zona. Apenas empresas que continuam a poluir este rio de forma indecente há mais de 10 anos, e isto a menos de 200 metros da ETAR dos Arcos!!

De quem é a culpa? De todos!! Desde o poluidor, passando pelas autoridades competentes e acabando no ministro da tutela. Não é possível esta situação manter-se durante vários anos, sem que ninguém saiba o que é que se passa e que vá fazendo de conta que não vê! A menos de 200 metros da ETAR??? Mau demais para ser verdade!!

As provas fotográficas são claras e o relato do José David ajuda a compreender a realidade:

Poluição Afluente do Rio Vez Abril 2015

“… o senão foi o panorama da linha de água que desagua no açude logo a seguir ao viaduto IC28 que estava com um fedor a diluente e cheio de óleo como se pode ver nas fotografias que ainda estava em suspensão retido entre galhos próximas chuvadas e ai vai Vez abaixo, esta linha de água está a uns 150 m a montante da Etar e vai directa ao Vez!!!!

E o crime ambiental??? A zona em causa tem uma dúzia de instalações na zona industrial não haverá culpados?”

Poluição Afluente do Rio Vez Abril 2015 - 2

Atendendo ao facto de estarmos perante um rio truteiro de primeira categoria onde desovam salmões e trutas mariscas, esta situação tem que ser resolvida de imediato. O José David já fez a denúncia junto do SEPNA, mas sem vontade política, isto será mais uma pedrada no charco.

Em vez dos “rodriguinhos” dos impostos moralizadores, está na altura de se atacar a sério o problema da poluição das linhas de água com a aplicação de multas a doer sobre as empresas. Deve-se começar por um levantamento a pé de todas as linhas de água, identificando focos de poluição e os seus causadores, para depois multar logo a seguir os responsáveis, sem olhar à cor política. Para isso, toca a pegar na facção ambientalista do ICNF (que são quase todos) e toca a tirá-los dos gabinetes e dos jipinhos amarelos bonitinhos e pô-los a fazer trabalho de campo a sério (a calcorrear mato) pelo bem comum.

Esta situação não pode continuar … Afinal para que é que pagamos impostos verdes? Só para manter uma classe política que protege empresas poluidoras? Não me admirava nada!!

Comentários Facebook - Trutas.PT
Related Posts with Thumbnails




Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.