Novas instalações da sede do ICNF!!!

Novas instalações da sede do ICNF!!!

Recentemente fiquei a saber que o ICNF, instituição que regulamenta a caça e pesca a nível nacional, mudou as instalações da sua sede. A mudança foi realizada na passagem de ano e 2014 foi iniciado com uma nova morada.

Consciente do sufoco financeiro que aperta a maioria das instituições governamentais, já para não falar dos cidadãos, pensei que a mudança obedecesse a alguma razoabilidade económica e que o principal objectivo fosse uma substancial diminuição de despesa. Aliás, atendendo à dimensão ambientalista do ICNF, que acaba por ser a tendência dominante no seu seio, estava à espera de que a relocalização da sede se realizasse para um entorno rural, mais afastado da urbe e onde os custos de alojamento fossem quase residuais. Isto facilitaria certamente uma maior proximidade à clientela do ICNF e aumentaria a sua eficácia (acho eu!).

O quanto é que eu me enganei?? Totalmente!!

A relocalização foi realizada para a Avenida da Liberdade, 16 em Lisboa. Principal avenida da capital e onde o preço do metro quadrado está claramente fora do alcance da maioria dos mortais. Não sei se o edifício em causa já era do Estado (podendo ser alugado/vendido com valores bastante interessantes) ou se está a ser alugado, mas de qualquer das formas parece-me uma decisão bastante irracional do ponto de vista financeiro e que nada abona a favor da cultura e do espírito espartano que todos esperamos ver numa instituição ligada a questões ambientais. Aliás, isto mais parece ser um comportamento de uma instituição elitista e que vive em desafogo financeiro.

Avenida da Republica - Sede do ICNF

Para mim, esta é mais uma acha para a fogueira que vai aumentando dentro dos caçadores e pescadores deste país. A nossa dependência do ICNF é total e o serviço que nos está a ser prestado deixa muito a desejar. De facto, cada ano são criados mais obstáculos e burocracias ao exercício dos nossos desportos, muita vezes com exigências que roçam o limite do ridículo. Somos dos maiores financiadores desta instituição, via pagamento de licenças, emissão de cartas, impostos, etc, e uma grande parte do nosso dinheiro é utilizado para defender causas ambientalistas, na sua maioria em clara colisão com os nossos interesses e nas quais a nossa opinião não é ouvida. A somar a isso, temos agora esta exaltação de elitismo por parte do ICNF.

Perante isto, nada mais faz sentido. Está na altura de separar o trigo do joio e de entregar a gestão da caça e da pesca a gente séria, que se saiba comportar como gente séria, que tenha conhecimentos claros sobre o assunto e que esteja disposta a aproximar-se diariamente dos seus clientes e a escutá-los. O modelo de centralização do ICNF está claramente esgotado e tem que dar lugar a um novo paradigma mais regional e onde a caça e a pesca sejam vistas como factores promotores de desenvolvimento e não como ameaças ambientalistas.

Para mim, esta demonstração de falta seriedade do ICNF deveria ser o princípio do seu fim!! Já há muito que esta instituição deixou de defender os meus interesses como caçador e pescador!!

Related Posts with Thumbnails


Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.