Leito e desova no rio Alfusqueiro – 2010.

Leito e desova no rio Alfusqueiro – 2010.

Na sequência da última visita ao Alfusqueiro em ínicios de Dezembro, tive oportunidade de verificar as condições do leito do rio e comprovar o comportamento de desova das trutas indigenas. O caudal, apesar de elevado, estava com níveis correctos para permitir o fácil acesso das trutas ao locais mais favoráveis para a desova. Aliás, no decurso da visita, acabei por ter uma enorme surpresa ao visualizar duas trutas em plena acção de desova. Este facto, acabou por ser a cereja no topo do bolo, vindo a confirmar na prática as excelentes condições do rio. Valeu claramente a pena sair de casa 🙂 

Em vários poços e correntes, a água estava bastante limpida e era possível observar o fundo. Tal como esperado, as algas do verão desapareceram totalmente e o leito do rio estava composta na sua maioria por pedras e algum areão grosso. Obviamente, que surgiram algumas pequenas alterações no leito decorrentes da intensidade da chuva que tem vindo a cair. No entanto, e para já, essas alterações não são significativas.  

A qualidade das águas, considerando as fortes chuvadas que cairam nos últimos tempos, é excelente como podem comprovar pela limpidez das mesmas nas fotografias. Os vestigios de poluição desapareceram quase por completo com as chuvas de Outono. Neste tipo de cenário, foi bastante fácil visualizar as trutas em acção de desova e deu mesmo vontade de que a temporada de pesca venha o mais rápido possível.

No global, as condições para a desova no rio Alfusqueiro são excelentes e as trutas estão a cumprir com as suas tradições nas zonas mais tipicas. As águas estão claras e o leito do rio não sofreu grandes alterações. Se as condições meteorológicas se mantiverem nos próximos tempos, a desova poderá ser um sucesso e poderemos ter boas condições para a temporada de pesca de 2011.

Comentários Facebook - Trutas.PT
Related Posts with Thumbnails


Informação sobre o autor

Apaixonado pela pesca...