Inicio do defeso da pesca à truta – 2011.

Inicio do defeso da pesca à truta – 2011.




Na passada sexta-feira, dia 30 de Setembro de 2011, terminou oficialmente a pesca à truta em Portugal. Com o fecho das temporadas especiais para a pesca à truta marisca e para a pesca nas Barragens do Gerês, deu-se por encerrado mais um ano de pesca à truta em território nacional. Neste momento, só subsistem apenas algumas possibilidades de pesca em regime especial e sem morte.

Portanto, importa neste momento realizar um alerta a todos os pescadores para que evitem reter ou matar trutas até ao final de Fevereiro, mesmo quando elas piquem, enquanto estamos a pescar a outros peixes. Em determinadas barragens e rios de grande caudal (em águas não salmonídeas), a pesca desportiva continua a ser possível e muitas vezes as trutas atiram-se ao isco que é utilizado para outras espécies como o lucioperca, o achigã, o lúcio, o barbo, etc. Por favor, se isto acontecer, devolvam as trutas capturadas ao seu elemento natural nas melhores condições possíveis de sobrevivência. Os verdadeiros pescadores de trutas agradecem 🙂

Infelizmente, são sempre muitas as histórias de trutas que são capturadas fora de época nos rios Lima, Minho, Cávado ou nas Barragens de Pisões, Caniçada, etc. Todos os anos ouço novos relatos e os esquemas usados pelos pescadores que cometem esse crime são cada vez mais refinados. Temos que por um fim a este tipo de práticas.

Penso que está na altura de se mudarem as mentalidades e compreender que a legislação se deve respeitar (pois a fiscalização é quase inexistente). Por alguma razão, só se podem reter trutas durante um determinado período anual. Neste momento, elas estão a começar os preparativos para a desova. Para já, o tempo está bastante quente e ameaça continuar assim nos próximos dias. Portanto, importa que se preserve ao máximo o potencial truteiro, caso a desova não seja bem sucedida.

Agradeço a todos a melhor atenção para este aspecto, e caso visualizem alguém a capturar e reter trutas durante este período, penso que devem participar essa situação às autoridades competentes. Deixo isto à consciência de cada um.

Related Posts with Thumbnails


Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.