O golpe final na crise do Alfusqueiro!!

O golpe final na crise do Alfusqueiro!!

Pela gravidade que este assunto nos merece, achei por bem replicar aqui na íntegra a resposta do nosso Ministério do Ambiente à situação que ocorreu na Barragem das Caínhas durante o Verão passado. Como bem sabem, a Barragem das Caínhas fica localizada no Rio Alfusqueiro e é um dos factores que mais condiciona o troço alto do rio em termos de gestão de caudal fluvial.

A resposta à interpelação dos Verdes sobre o esvaziamento abusivo da Barragem e mortandade de peixe, segue abaixo:

Resposta 1

resposta 2

resposta 3

Relativamente a esta matéria, só tenho a louvar o empenho do Miguel e dos Verdes na tentativa de esclarecer esta situação e na procura de repor a justiça em todo este processo.

Acho que vivemos num estado onde falta muito bom senso e onde predomina apenas a criação de regras e leis confusas, inadequadas e muitas vezes incompatíveis, que na maioria dos casos apenas servem para dar trabalho aos gabinetes de advogados de Lisboa. A forma de trabalhar desta gente lembra-me alguns picheleiros e artistas da construção que não resolvem problemas e apenas os remendam com material muito fraco para daqui a 2 ou 3 anos voltarem a ter serviço e poderem sacar mais algum.

Conhecimento técnico sobre as matérias que legislam? Preocupação com os danos ambientais? Mortandade de peixes? Trasladação de peixes? Nada! E é esta a resposta de um Ministério do Ambiente? Só se preocupam com o abastecimento de água? Enfim, é de louvar. Será que como pescador também posso deixar de pagar impostos??

Acho que mais uma vez a democracia fica de rastos e sobra a sensação de que a justiça não existe neste país, especialmente quando o alvo é uma instituição pública. Se fosse o cidadão, já tinha sido multado, e se calhar, preso preventivamente, só para inglês ver!!

A nós pescadores, só nos resta ter que apanhar com as consequências de todo este processo; menos peixe no rio nos próximos anos e a insegurança de que esta situação se pode vir a repetir no futuro. Para termos futuro, só nos resta mesmo emigrar a todos e a deixar os abutres a comerem-se uns aos outros!!

Related Posts with Thumbnails


Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.