Sinalização na ZPP do Rio Lima

Sinalização na ZPP do Rio Lima

Já há muito que nós sabíamos que uma grande parte do Rio Lima estava sujeita ao regulamento de zona de pesca profissional. Efectivamente, e nos primórdios desta zona de pesca, era possível observar algumas placas de sinalização da mesma. Entretanto, e com o passar dos anos, essas placas foram desaparecendo, deixando de ser claro para os pescadores quais eram as zonas de protecção e as zonas onde a pesca podia ser efectivamente exercida.

Para muitos de nós que passávamos na estrada sobre o açude de Ponte de Lima, era raro o dia que não se viam pescadores a realizar a faina na zona proibida. Ali à vista de toda a gente, e também das autoridades, esta era uma afronta para quem como nós andava a respeitar a lei.

Consciente disso, o nosso amigo e colaborador José David resolveu enviar uma carta ao ICNF a reportar esta situação, e depois de algum atraso, há finalmente uma resposta positiva do ICNF. Segundo eles, a sinalização do açude de Ponte de Lima já foi colocada.

É de louvar esta atitude por parte do José David, mas certamente o ICNF não percebeu bem a extensão do que foi pedido. A ideia não era só resolver o caso de Ponte de Lima, mas também todos os outros casos mais para montante.

Rio Lima Abril Barragem Touvedo Aberta

Há uma zona de desova para montante, onde a pesca também é proibida, e onde os furtivos andam às dezenas a apanhar trutas, salmões, sáveis, lampreias, etc. Fazem-no de forma impune, muitas vezes à nossa frente, enchendo sacos de peixe, e nem sinal da fiscalização. Ainda me lembro que uma vez o Torres ligou à GNR local perante uma situação deste tipo e passado uma hora nem sinal da autoridade, isto enquanto o individuo enchia um saco de batatas com lampreias a desovar. Um espectáculo lastimável de ganância do furtivo e negligência por parte das autoridades.

Mais uma nota, se as placas já estiverem colocadas, facto que ainda não confirmei (mas agradecia se alguém aqui pudesse confirmar isso), quero ver quanto tempo é que elas lá vão ficar. Desconfio que não passa um mês e já estão todas arrancadas. Mais do que placas, o que estes locais precisam é de fiscalização activa e de repreensão que se veja, para evitar a repetição destas situações no futuro. Enquanto continuarmos a fazer a vista grossa e a aplicar multas de trocos, o crime compensa!!

Comentários Facebook - Trutas.PT
Related Posts with Thumbnails


Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.