1º Workshop – Gestão de rios salmonídeos

1º Workshop – Gestão de rios salmonídeos




Nos próximos dias 24 e 25 de Setembro de 2016, vai decorrer em Bragança o primeiro workshop sobre a gestão e ordenamento de rios de aptidão salmonícola. Trata-se de um primeiro passo para juntar a uma mesma mesa diferentes entidades que têm interesses específicos bem definidos relativamente à utilização destes cursos de água. A ideia é, não só tratar de questões técnicas puramente ligadas à gestão, mas também de fazer a ponte com o conhecimento científico para tornar a gestão mais eficaz. Assim, esta iniciativa, para além do município de Bragança e do ICNF, conta com o apoio do Instituto Politécnico de Bragança, mais concretamente com a Escola Superior Agrária.

Do lado dos pescadores de trutas, o Nuno Breda da APPSE estará encarregue de fazer valer os nossos interesses, e de demonstrar como a pesca pode ser um factor de desenvolvimento sustentável. Para terem uma ideia do layout dos temas a tratar, podem consultar o programa que se encontra abaixo:

workshop-rios-salmonideos-castrelos-setembro-2016

A participação nesta iniciativa está sujeita ao pagamento de 25 euros, incluindo jantar de confraternização e documentação. As inscrições têm um máximo de 30 lugares disponíveis, podendo as reservas ser realizadas através dos contactos que estão disponíveis no cartaz acima.

Quanto à qualidade dos temas e intervenções, parece-me que há uma cobertura bastante boa de toda a realidade que pode girar à volta da gestão de um curso de água salmonídeo e certamente que não faltarão boas ideias, pelo menos na teoria. O problema, vai ser certamente transformar essas ideias em prática, pois neste país, quando chega a hora da verdade, cada um puxa para o seu lado e raramente se conseguem fazer coisas de jeito, estando os maiores entraves, normalmente, do lado do estado/poder político.

Espero que este seja realmente um momento para romper essa tradição e trazer novo alento à gestão dos nossos rios truteiros, que já estão abandonados há muitos anos. A escolha de Bragança como o local para arrancar com esta iniciativa parece-me ser já um bom prenuncio, pois dali têm-se elevado algumas vozes contestárias relativamente à actual situação dos rios truteiros e que têm conseguido valer os seus interesses … pelo menos este ano isso foi bastante notório!!

Related Posts with Thumbnails


Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.