Condições na Barragem de Pisões

Condições na Barragem de Pisões

No dia 31 de Dezembro, as condições que encontramos na albufeira de Pisões são aquelas que constam das fotos que acompanham este post. Como se pode verificar, a falta de chuva dos últimos tempos está a ter consequências claras sobre o espelho de água desta albufeira que se encontra muito abaixo do seu nível normal para a época do ano. Aliás se olharem bem as fotos, verificam que há uma distância de cerca de 10 metros entre o nível actual e o nível máximo, indicando que este deve ser um dos anos onde a falta de água mais se faz sentir no Barroso. Durante a acção de pesca, foi notória a proximidade ao viveiro numa situação que normalmente só consigo experimentar nos anos bastante secos.

Quanto à qualidade da água, ela pareceu-me estar em bons níveis, apesar da relativa proximidade do viveiro. A cor da água era bastante límpida e conseguia-se ver bem dentro de água. O único facto anormal que registei, foi apenas a congregação de ração para alimentação das trutas do viveiro junto às margens.

A temperatura da água, no dia em questão, estava bastante fria, mas mesmo assim encontrava-se a níveis mais elevados do que os cerca de 4 graus negativos que sentimos de manhã cedo. Como tal, durante as primeiras horas de pesca, nem sinal de peixe e só a partir das 11 horas é que começaram a sentir-se os primeiros sinais de que havia “algo” a mexer na barragem!!!

Enfim, no global, parece-me que as condições da barragem dos Pisões até não estão muito más para a pesca, permitindo o acesso dos pescadores a zonas onde o peixe está mais concentrado, no entanto, isto não augura nada de bom se se mantiver durante muito mais tempo. Sem chuva a sério, vai ser difícil ter um nível aceitável para esta barragem durante o Verão, o que pode eventualmente despoletar a possibilidade de alguns fenómenos de eutrofização, o que não seria nada desejável.

Vamos ter que aguardar para ver o que acontece …

Comentários Facebook - Trutas.PT
Related Posts with Thumbnails


Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.