Condições no Rio Froufe – Março 2010.

Condições no Rio Froufe – Março 2010.




Domingo, 21 de Março de 2010. Após a expedição de 6 horas à Barragem do Lindoso, resolvi parar na Barragem de Touvedo junto à foz do Rio Froufe (ponte da E.N. 203). Como estava de passagem resolvi fazer uma paragem obrigatória para tentar uma ou outra trutita mais desprevenida e sobretudo para verificar as condições do rio Froufe após as chuvadas intensas de Sábado. Em anos passados, já tinha tido várias surpresas agradáveis com trutas de bom tamanho em pescarias bastante curtas durante semanas de chuvas fortes.

Foi com agrado que verifiquei que o rio apresentava bom caudal com uma corrente já normalizada. Em áreas com pouca profundidade, a força da corrente ainda se fazia sentir, e provavelmente a única pesca possível seria à minhoca. Nas zonas com correntes profundas (mais de 0.5 metros), podia-se praticar sem problema o light spinning. Já nos poços, as águas cristalinas aumentavam de forma exponencial a capacidade de visão das trutas e as mesmas apresentavam-se bastante timidas. Ainda trabalhei um rapala cd-3 nas correntes mais apeteciveis, mas só mexeram umas trutas muito abaixo da medida.  Se calhar já tinham sido picadas no dia anterior e elas não se esquecem rápidamente! 

Na saída do Froufe para a barragem de Touvedo, a corrente era mínima e ainda existiam vestigios das chuvadas do dia anterior com as margens alagadas em alguns pontos. A água apresentava-se extremamente cristalina e de cima da ponte da E.N só se visualizaram alguns barbos de bom tamanho no centro do rio. Já nas primeiras águas da barragem de Touvedo, ainda tentei a sorte com um x-rap de 6 cm durante uns 20 minutos, e lá apareceu uma boa truta de 27 cm a querer colaborar. Deu uma corrida rápida atrás do rapala até à margem e quando estava para atacar, a x-rap guinou para a esquerda e ela foi para a direita e acabou a morder um topo dumas ervas dentro de água. Ali mesmo à minha frente! Que coisa estranha! Seria uma truta cega ou virou vegetariana depois de ver o x-rap? 🙂 Mas não estava satisfeita. Ainda voltou a atacar o x-rap, mas não cravou. Ah, grande truta!

No global, este é um rio que apresenta condições interessantes para disfrutar de uma boa jornada de pesca, especialmente para quem gosta do light spinning. As trutas em termos médios têm um tamanho reduzido, mas a presença da barragem de Touvedo garante que eventualmente surja sempre a possibilidade de capturar um bom troféu nalgum dos poços ou correntes mais profundas. Claramente um local que merece a nossa visita, mais que não seja para disfrutar de uma paisagem natural quase intocada e de um rio com águas cristalinas e troços de uma beleza rara.  



Related Posts with Thumbnails

Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.