Testes aos nós de pesca.

Testes aos nós de pesca.






O nó é um factor importante de sucesso numa pescaria. Na tentativa constante de melhorar a performance do nós de pesca são várias as instituições que se dedicam á criação e sobretudo ao teste da resistência dos nós. Neste último capítulo, a informação é extremamente importante para o pescador, pois permite-lhe um conhecimento mais apurado das suas limitações durante a acção de pesca. Quantos de nós já perderam bons peixes por causa de um nó mal realizado ou simplesmente por desconhecimento dos limites de resistência desse nó?

Na procura de esclarecer as várias dúvidas a este nível, deparamos com uma publicação da famosa revista americana Field and Stream que realiza testes a vários nós de pesca nas vertentes de; terminal, união de linhas de diâmetro muito diferente, união de linhas de diâmetro similar e terminal com laço. Os resultados apresentados foram todos obtidos com a utilização de um medidor de força digital marca Chatillon DFE e de linha monofilamento Suffix (Normark) de 4 kgs de resistência. Foi realizada uma média de pelo menos 10 testes por cada tipo de nó para assegurar consistência de resultados.

Os resultados obtidos foram os seguintes:

 Vertente – Terminal:

 1º lugar: Nó de 6 voltas de São Diego – resistência 94%

As posições seguintes para nós de terminal podem ser consultadas na página da Field and Stream.

Vertente – União de linhas de diâmetro muito diferente: 

1º lugar: Nó de 6 voltas do Iucatão (linha dupla) – resistência 157%

As posições seguintes para uniões de linhas de diâmetro diferente podem ser consultadas na página da Field and Stream.

Vertente – União de linhas de diâmetro similar: 

1º lugar: Nó em J – resistência 67%

As posições seguintes para uniões de linhas de diâmetro similar podem ser consultadas na página da Field and Stream.

Vertente – Terminal com laço: 

1º lugar: Nó rapala – resistência 89%

As posições seguintes para terminal com laço podem ser consultadas na página da Field and Stream.

Fica aqui esta informação que é sempre importante para evoluirmos na arte de realização de nós de pesca cada vez mais eficazes. Os resultados aqui apresentados são da responsabilidade da Field and Stream e reportam a condições óptimas na realização de nós. As imagens utilizadas neste post também são da Field and Stream.

Comentários Facebook - Trutas.PT
Related Posts with Thumbnails

Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.