Como pescar com colheres?

Como pescar com colheres?




Apesar de se encontrarem muitas teorias avulsas sobre como pescar com colheres, rotativas ou ondulantes, a verdade é que raros são os documentos que exploram este tema com uma perspectiva mais técnica e cientifica. Já há muito que andamos à procura de informação mais clara sobre como utilizar este tipo de amostras e recentemente tivemos sorte. Durante uma visita ao site da Luhr Jensen (uma marca do grupo Rapala), encontramos um conjunto de relatórios técnicos sobre como pescar em várias condições e com determinados tipos de iscos. Um desses relatórios incidia directamente sobre as técnicas de pesca com colheres rotativas ou ondulantes.

Apesar de o documento em causa estar inglês (o que é sempre um problema para alguns 🙁 ), acreditamos que o mesmo merece a nossa atenção e, portanto, poderá valer a pena tentar traduzi-lo na net. A maioria das novas amostras são desenvolvidas por pescadores profissionais e devem ser utilizadas de acordo com instruções especificas. Nem todas são amostras todo o terreno e como tal o improviso muitas vezes não funciona. Convém, portanto, tentar prestar o máximo de atenção à informação especializada divulgada pelas marcas produtoras de material de pesca.

Mas o melhor é mesmo consultar o documento na íntegra. Como podem ver abaixo, aparece primeiro a segunda página e depois a primeira. Devem portanto inverter a sequência em termos de leitura e aumentar o zoom:

Apesar deste tipo de informação se aplicar sobretudo às amostras da Luhr Jensen, existem sempre ensinamentos genéricos que merecem a nossa atenção. A este nível destaca-se sobretudo a forma sobre como abordar o troço de um rio, a sequência a seguir em termos de lançamentos, o estilo de recuperação a adoptar e a profundidade a que o isco deve ser trabalhado.

Como a colher é um isco artificial bastante usado, existem algumas trutas que já não as podem ver e como tal nem se mexem. Para capturar estes exemplares é necessário prestar atenção aos mínimos detalhes para que tudo seja perfeito na apresentação das colheres às trutas que pretendemos capturar.

Esperemos que esta informação ajude a melhorar a vossa técnica de pesca 🙂

Related Posts with Thumbnails


Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.