Condições no Rio Coura – Sopo.

Condições no Rio Coura – Sopo.


Durante a minha última visita ao Rio Coura na zona do Sopo, tive oportunidade de verificar as condições deste grande rio truteiro. Como era de esperar nesta zona do Coura, o débito da Central de France estava a condicionar as condições do caudal, gerando um fluxo sustentado de água que permitia a formação de correntes, mesmo em zonas mais profundas. 

As correntes eram as ideais para a pesca à truta gerando linhas de alimentação constantes ao centro do rio e permitindo a criação de alguma distorção visual dentro de água. Estavam claramente as condições ideais para pescar ao spinning com isco artificial: colher ou peixes artificiais. A temperatura da água estava também a níveis muito aceitáveis e portanto as trutas não deveriam ter grandes dificuldades em manter níveis de actividades normais para esta época do ano.

Aliás, a própria pescaria que foi realizada neste dia confirma estas boas condições. As trutas estavam activas e adoraram o trabalhar do X-Rap neste tipo de cenário … mas isto é outra história para outro post 🙂 

Ficamos também com a sensação de que a interrupção do débito da Central de France não traria qualquer melhoria das condições de pesca. De facto, a estagnação das águas só iria colocar as trutas em regime de alerta mais elevado, dificultando exponencialmente a acção dos pescadores.

No global, o rio nesta localidade tem uma beleza impressionante e apresenta uns açudes divinais para a pesca às trutas. É um daqueles locais que recomenda a qualquer pescador de trutas que se preze. Sempre que por lá passo, tenho pesadelos com trutas enormes a deambular pelos açudes e a comerem no topo das correntes mais profundas … e não devo andar muito enganado 🙂 Qualquer dia, os meus pesadelos vão-se concretizar …

Related Posts with Thumbnails




Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.