Poluição no Cávado e no Homem!!

Poluição no Cávado e no Homem!!

Foi pelas mãos do amigo João Dias que conheci verdadeiramente a pesca à truta no troço médio do Rio Homem. Fiquei deslumbrado com a qualidade da água e com a bravura das suas trutas que são extremamente desconfiadas e furtivas. A experiência foi de tal maneira satisfatória que brevemente tenciono voltar a revisitar este curso de água, até porque da última vez que por lá passei as trutas não estavam a cooperar. E trutas não faltavam … o dia é que era mau!! Mas já no Cávado e nesse mesmo dia, a história foi completamente diferente, e na zona de Adaúfe, o Miguel tirou um excelente exemplar! Foi chave de ouro num dia espectacular!

Dito isto, qual não foi o meu espanto ao verificar há alguns dias atrás que afinal também continua a pairar o fantasma da poluição sobre o Homem e sobre o Cávado!! Um grande amigo enviou-me um email a reportar uma história de Maio de 2013 e onde a situação de poluição é verdadeiramente descarada. Neste caso concreto, a realidade acaba por ser muito pior do que a ficção, e pode por em causa definitivamente alguns dos maiores rios truteiros do nosso país. Como é que é possível que rios desta qualidade continuem a sofrer com este flagelo? Aonde é que está o Ministério do Ambiente e o que fazem as autoridades competentes?

O cenário próximo da zona onde o Miguel capturou a truta era o que se pode ver abaixo em Maio de 2013:

Está claro que os efeitos se fizeram sentir sobre a população piscícola, mas também sobre a população e a saúde pública, já que foram sentidas várias situações de dermatoses nas praias fluviais da zona. Segundo algumas fontes, o problema foi causado pelos pólos industriais da zona que continuam a realizar descargas arbitrárias e sem controlo.

Para nós, pescadores de trutas, isto é mais do mesmo. Começa a chegar a um ponto onde qualquer curso de água está poluído ou já esteve poluído e portanto a qualidade das trutas que vamos encontrando é cada vez mais duvidosa e só subsistem via repovoamento. Vivemos uma situação ridícula em que se fala tanto de ambiente e se saca tanto dinheiro à custa desse chavão para depois deixarmos passar estas situações criminosas completamente em branco.

Pesca as trutas Rio Homem Terras do Bouro

Considero que isto é mais do mesmo num rol interminável de falta de respeito e bom senso no que diz respeito a matérias ambientais. Há muita gente interessada em que estes assuntos passem despercebidos, mas essa não é certamente a nossa lógica. Convém que os pescadores estejam muito bem informados sobre esta questão da poluição, não só para evitarem locais de risco e consumo de peixe envenenado, mas também para estarem alerta para a defesa das nossas trutas selvagens. Se não formos nós, seguramente que ninguém fará nada para salvaguardar este património que nos foi dado. Nós, com o nosso trabalho e com os nossos investimentos na limpeza dos rios, na restauração de açudes e nos repovoamentos selectivos acabamos por ser os verdadeiros protectores dos rios. O resto não passam de parasitas que se nos vão colando às costas a sacar dinheiro, a aplicar multas e a defender o poluidor!! Não é gente que mereça respeito!

Related Posts with Thumbnails


Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.