HD Trout – A amostra da Dynamic Lures para as trutas

HD Trout – A amostra da Dynamic Lures para as trutas

Já não é a primeira vez que falamos dos dynamic lures, nem do HD Trout, mas como temos visto boas referências sobre este isco, resolvemos dedicar-lhe um artigo específico. Desde logo, o nome é extremamente atractivo para qualquer pescador de trutas, pois não há qualquer dúvida de que este isco se destina à nossa classe, na versão spinning ou corrico.

Este peixe artificial tem cerca de 6 centímetros e um peso na ordem dos 3 gramas. Tem uma acção afundante e normalmente nada entre os 60 centímetros e um metro de profundidade. É considerado por esta razão um isco light. Parece-nos uma combinação interessante para pescar light em rios com corrente, especialmente com menor caudal, bem como em barragens e lagos, em dias de calmaria. Esta amostra está disponível em 11 cores, que vão desde as típicas cores de truta (TR ou RT) até cores mais berrantes, como por exemplo a FT (firetiger).

Atendendo às características aqui descritas, esta amostra parece estar eminentemente destinada às trutas. No entanto, o baixo peso da mesma pode comprometer a distância dos lançamentos, bem como a profundidade de recuperação. As bolas sonoras depositadas dentro do corpo do peixe devem ajudar a chamar a atenção das trutas, mas elas terão que estar próximo da superfície para poderem visualizar esta amostra e despender o mínimo de energia para atacar. Caso contrário, tenho muitas dúvidas que façam grandes arranques para a atacar, a não ser claro que estejam muito activas e com um tempo relativamente favorável.

O que achei mais interessante das dicas dos pros relativamente a esta amostra, foi o facto de não recomendarem o uso de destorcedores com esta amostra. Em vez disso, propõem a realização de um nó directo sobre a argola da amostra, com um corte bastante apertado das pontas para evitar resistência e fricção na frente da amostra.

Para conhecerem mais sobre o comportamento desta amostra e verem como é que ela se comporta com as trutas, podem sempre visualizar os vídeos abaixo:

E mais este, com uma acção de pesca longa para ver como se deve trabalhar o HD Trout em rios com corrente:

Mais uma vez, este é um isco que ainda não vi por cá e como tal não sei se as boas prestações que se vêem com as trutas americanas, se conseguem replicar com as nossas bravas trutas. Só com aquilo que se vê nos vídeos, dá para perceber que há potencial, mas quem manda no final do dia são as nossas trutas … e estas não andam muito habituadas a comer ração 🙂

Para quem conhecer mais sobre este isco, pode sempre ver o site da Dynamic lures ou então ver alguns dos vídeos disponíveis no YouTube.

Related Posts with Thumbnails




Informação sobre o autor

Pescador de trutas desde os 18 anos. Tem uma forte dedicação ao spinning com colher e peixes artificiais, tendo pescado em Portugal, Espanha e no Reino Unido. Actualmente, pesca sobretudo na zona do Minho, Gerês e Centro do país.